sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Um punhado de palavras

Encostei um punhado de palavras proibidas, daquelas que nunca te disse por serem sabidas, à sombra de uma roseira, veio o vento e sentou-se à minha beira:

-Porque choras dessa maneira?
As lágrimas não fazem crescer as flores e as flores não brotam de tantas dores. O canteiro que semeaste é feito de poucas cores, uma tela escura, duas pinceladas de amargura e um traço de ternura.

Um arrepio cobriu a terra de frio e nunca mais se ouviu um pio...

Colhi gota a gota o sorriso que tinha perdido, e com um ar contido, depositei no sopro do vento tudo o que me tinhas prometido.

55 comentários:

Moonlight disse...

...levará o vento,promessas feitas,para longe do pensamento?...

BC disse...

Uma imagem lindíssima, para umas palavras também maravilhosas com a tristeza de um dia cinzento.
Beijo
Isabel

Patrícia disse...

Maravilhoso, um texto com poucas palavras mas de uma sensibilidade contagiante.É de facto um vento inspirador...

Patrícia =)

frAgMenTUS disse...

adorei! ainda hj escrevi sobre a brisa e a montanha, portanto, o vento, a lágrima e o (des)amor tb estiveram presentes em mim; tal como em ti, nestas linhas d'alma q adorei ler!

bj, cotovia

Efigênia Coutinho disse...

Encostei um punhado de palavras proibidas, daquelas que nunca te disse por serem sabidas, à sombra de uma roseira, veio o vento e sentou-se à minha beira:

Lêr você. é sentir a palavra poética penetrar nas profundezas do ser, e vive-las com intensidade.
PARABÉNS, como é gratificante essa troca de leituras com a mesma simbiose.

Com admiração,
Efigênia

DE-PROPOSITO disse...

palavras proibidas,
-------------
Palavras fechadas a sete chaves.
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Manuel

stella disse...

Bel post!

paula barros disse...

Achei diferente a forma de escrever. Gostei!

Palavras que foram sentidas e vizualidas.

abraços

Hariane disse...

Visualizei teu escrito e viajei.

Bjus floridos!

neide disse...

Gostei muito... Curtinho, mas, de sentimentos profundos.

querido amigo, tem um Meme pra você no meu cantinho.

Ótimo final de semana.

Bjsss

Branca disse...

Vc tem um jeito especial, diferente de escrever, mas fica tudo muito bonito...

Bom fim de semana pra vc,
bjos!

Luísa disse...

Ai esta linda cotovia, que escreve de uma forma tão bela que me faz pensar...e pensar...e pensar...
Parabéns! É tudo muito belo para descrever...as palavras ficam mudas quando comparadas ao que te leio!

Fofa disse...

Que maneira fantástica de definir o sentimento...

Hoje estou dividida entre a dor e a euforia...

Ótimo fim de semana!

Beijocas

Maripa disse...

Tão lindo,linda Cotovia...

Saboreio o teu sentir com um traço de ternura.

Beijinho.

Beatriz disse...

Ola Cotovia,
Esse mesmo vento que levou teu pio
irá trazer de novo o teu sorriso, a tua alegria e as falsas promessas em forma de ternura...Cotovia, teu pio me encanta!! Que as flores ganhem novamente cor, que teu rosto seja rasgado de novos sorrisos...Voa Cotovia...Voa!!
Deixo um beijo e o meu sorriso!
Bea

ecos de palavras disse...

Um arrepio cobriu a minha alma... ao sentir a grandiosidade de tão bela poesia.

O meu agradecimento por visitares o meu " canto".

Beijo.

Tatiana disse...

"Colhi gota a gota o sorriso que tinha perdido, e com um ar contido, depositei no sopro do vento tudo o que me tinhas prometido."

Simplesmente lindo!

Um beijo com meu carinho

Multiolhares disse...

Muito lindas as tuas palavras, para colhermos flores coloridas temos de as plantar, rega-las com amor dia a dia, tarefa nada facil cuidar de um jardim
beijos

Ludi Botelho! disse...

Adorei teu blog...
lindas palavras...
vou te linkr lá no blog...
bjoo
e apareça...
bjoo

Paulo - Intemporal disse...

Como me agradeço o anseio de hoje ter chegado aqui.

Por um punhado de palavras, o dia, que morrera ao amanhecer, conquistou agora a sedução da noite, onde me adentro sem demora.

Sublime e Perfeito.

_______________________ Um BeIjO

Sonia Schmorantz disse...

Linda reflexão...gostei de tudo aqui.
beijos e bom domingo

Celamar Maione disse...

Flores que nascem em meu coração através de tuas lindas palavras.
Gosto de vir aqui.
Bjs

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Cotovia.

Obrigada por sua visita ao meu blog e por seu comentário.

Adorei seu espaço e suas belíssimas palavras que nos transportam a mundos de sonhos.
LINDO!

*******

"Amizade é um rasto de Deus nas praias dos homens;
Um lampejo do eterno riscando as trevas do tempo."

Roque Schneider


BOM DOMINGO PARA VOCÊ!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥

José Heitor Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Heitor Santiago disse...

Grato por tudo e parabéns pelo seu belíssimo piar!

Abraço poemas,

jhs

ausenda disse...

As tuas palavras reduzem-me a nada...
sou um sopro de vento...!

Admirável pio!!!!!!!!!!!


Beijinho

Saara Senna disse...

Olá!

Gostei da sensibilidade transmitida e achei bem legal a forma como escreveste!

Beijo grande, ótima semana e obrigada pela visita no meu canto!

:)

Gleidston dias disse...

As lágrimas não fazem crescer as flores e as flores não brotam de tantas dores

maravilhoso jeito de ser e sentir, e calado aprendo e me prendo nesses intantes,parabens.

Otima semana.

bjcss

Angel disse...

O arreppio não cobriu só a terra de frio...neste momento cobriu-me a mim também gostei muito deste cantinho desculpa só agora vir espreitar...desejos de uma tarde cheia de Sonhos...e vou voltar...

Xana disse...

Que coisa tão linda:)

Não tenho palavras para dizer o quanto me emocionou,um ramo de parabéns !!!

beijo

.::Borboleta::. disse...

ainda nao sei se o vento levará para sempre as promessas, mas consegue trazer a paz e a força para querer sorrir.
Obrigado pela sua visita
um beijinho

manzas disse...

É sempre bom estar aqui presente
E ler o que bem escreve…
Deixar fluir o que nos passa na mente
E reflectir palavras
Que tanto me apraz,
Deixando o animo leve…

Um resto de um bom dia…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Desnuda disse...

Simplesmente lindo...Adorei!


Volte sempre! Aqui sempre que for possível estarei!

Beijos

José disse...

São necessárias muitas cotovias para relembrar sentimentos nobres...tudo de bom

Uma aprendiz disse...

Lindíssimo!

Parabéns, poeta.


beijo

Isabel José António disse...

Querida Cotovia,

A água e o sal das lágrimas são os mesmos ingredientes que existem no mar. O mar é como o infinito que serve para nele se mergulhar. E quem mergulha no mar é como mergulhar dentro de si próprio. E mergulhar em si próprio é ir para o plano intemporal onde O TODO, contem o TUDO e o NADA, em em que todas as possibilidades existem.

Muitos parabéns. Está lindo.

Um grande abraço

José António

Nilson Barcelli disse...

Nem sei o que dizer perante a beleza deste teu magnífico texto.
Ainda que as promessas tenham sido levadas pelo vento... ficam as tuas palavras, que encantam quem as lê.
Beijo.

Pjsoueu disse...

Quando senti a brisa da manhã, percorri de pés descalços o carreiro do amor esquecido...
Quando te encontrei vi o teu sorriso, molhado de brisa entre as árvores verdes, onde as aves voam fazendo amor, pelo amor que viram em ti; doce cotovia:)


beijinhos


Pj

Pedro S. Martins disse...

as lagrimas acabam com lugares de silêncio.

R. Sant'Anna disse...

Lindíssimo!
Adoro vir aqui, realmente possui belos textos.

Abraço!

mia disse...

Poeta

voce tem é da muito sentido a vida!

beijinhos

CarlaSofia disse...

Cotovia, é verdade que as lágrimas não fazem as flores crescerem, mas permite a alma aliviar um pouco a sua dor. É uma forma de expressar um sentimento que não cabe mais dentro de nós.
Grata pelo teu voo aos universos questionaveis,
deixo aqui um sorriso de Luz cósmica

maré disse...

lúcido

o pio
.
.
.

ainda chora

a terra
.
em reclusão

as flores

_____

beijo

obrigado!

Fa menor disse...

As lágrimas não fazem crescer as flores... mas diminuem as dores.

Bela poesia!

Obrigada pela visita ao Retalhos Rabiscos

Podes visitar-me tb em http://escritariscada.blogspot.com

Bjs

Liliana disse...

...um sorriso gota a gota e a esperança numa brisa...

Lindo.

Um abraço

São disse...

Gostei tanto do texto como da foto.
Tudo de bom.

Aline disse...

Retribuindo a visita...volte sempre para ler minhas besteiras!;)

Belos versos, passarei sempre por aqui.

Beijos

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

poetaeusou . . . disse...

*
senti
o sentimento
de sentir
o teu
sentimental
escrito,
sentir meu
que me dás
nas poucas cores
ao ler e ver
crescer
as tuas flores,
,
Conchinhas floridas,
Deixo
,
*

JC disse...

Obrigado por teres passado pelo meu blog.
Gostei do que li e vi.
Voltarei
Beijinhos

Efigênia Coutinho disse...

Encostei um punhado de palavras proibidas, daquelas que nunca te disse por serem sabidas, à sombra de uma roseira, veio o vento e sentou-se à minha beira:

Quando uma alma poeta chega a sentir o que você escreveu acima, ela transcendeu tudo na sua arte poética, gosto muito de vim aqui ler você. Continue a nos brindar com sua infinita alma poética,
Efigênia Coutinho

TENHO UM ESPAÇO NOVO DEIXO O LINK:
http://efigeniacoutinhopoesiascomimagens.blogspot.com/

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA AMIGA, SUBLIME POESIA... AS PALAVRAS TOCÃO O NOSSO CORAÇÃO... ADORO LER-TE... UM GRANDE AB5AÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Lucinha disse...

oláaaaaa meu anjo, desculpe a demora em retornar ao seu blog, mas ando correndo demais aqui.. um calor infernal. Parabéns meu anjo pelo post pela imagem... passando pra deixar meu carinho....O amigo é uma benção que nos cabe cultivar
no clima da gratidão.
Quem diz que ama e não procura compreender e nem auxiliar, nem amparar e nem servir, não saiu de si mesmo ao encontro do amor em alguém.
A amizade verdadeira não é cega, mas se enxerga defeitos nos corações amigos, sabe amá-los e entendê-los mesmo assim.
É preciso lembrar que toda criatura humana é um ser inteligente em transformação incessante, e, por vezes, a mudança das pessoas que amamos não se verifica na direção de nossas próprias escolhas.
Se Jesus nos recomendou Amar os inimigos, imaginemos com que imenso Amor nos compete Amar aqueles que nos oferecem o coração.
(André Luiz)
beijinhosssss

Maria Clarinda disse...

Ops, comentava o teu post ...e fugiu...o da espuma....
Era lindo.
Este acho que jáo o tinha comentado!
Mas , andeia a ler e areler os outros e asorei estes momentos lindos que aqui passei.
Jinhos

frAgMenTUS disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.